História

Alfredo Gonçalves nasceu em Portugal e, ainda muito novo, tomou a decisão de ir para Angola onde iniciou a sua vida de empresário no final dos anos 50, após ter cumprido o serviço militar. Em África, o whisky era de notória apreciação e habitualmente tomado com gelo e soda. No entanto, devido à reduzida oferta existente, e enquanto entusiasta assumido desta bebida, sempre que viajava em negócios ou lazer, Alfredo tentava adquirir o maior número de garrafas diferentes. Com o passar dos anos e com as que ia guardando, deu início a uma coleção singular que perdura até aos dias de hoje.

1975

Aquando do processo de descolonização em 1975, Alfredo, forçado a regressar a Portugal, deixou em Angola grande parte da coleção, tendo apenas conseguido trazer consigo cerca de um milhar de exemplares. Já em Lisboa, procurou manter constantes as deslocações e viagens à procura de garrafas, tendo visitado mais de 60 Países pelos 5 Continentes.  

Ao longo de mais de 60 anos, juntou as mais peculiares e extravagantes unidades.

Priorizava a procura de lojas, feiras e destilarias dentro do meio. A cada garrafa e viagem, Alfredo colecionava mais uma ou duas histórias para contar. Aos dias de hoje, lembra com exultação aquela que considera ter sido a sua aquisição mais prazerosa: o Snake Whisky. Foi no Laos, no sudoeste asiático, que Alfredo incentivou uma viagem épica em busca de uma garrafa tão rara e excêntrica que, para muitos, não passaria de um verdadeiro devaneio.

2001

Após uma vida a reunir garrafas, Alfredo considerou que a sua coleção não devia ficar fechada ao público e exclusiva para familiares e amigos.

Foi então que pôs em prática o que mais ambicionava: a inauguração de Whisky&Co, em Lisboa, no ano de 2001.

Este espaço oferece uma experiência única, não só aos apreciadores natos que encontram das mais variadas qualidades, sabores e destilarias, mas também a todos aqueles que se encontrem abertos a descobrir as nuances de paladar e sensação entre whiskies Escocês, Irlandês, Americano ou ainda Japonês.

2003

Desde a sua abertura, há quase 20 anos, são recebidos inúmeros turistas de longínquos cantos do mundo, desde americanos e canadianos, a irlandeses, ingleses e escoceses. Os mais aficionados descrevem a Whisky&Co como um marco da cidade de Lisboa e um motivo incontestável para se visitar Portugal. Os que lá chegam por fruto do acaso surpreendem-se por encontrarem, num recanto da antiga cidade de Lisboa, uma coleção tão distinta e sofisticada. Em 2003, a Whisky&Co ganha o 1º lugar no 2º concurso de Os Maiores Colecionadores de Whisky Single Malt Glenfiddich. Detiveram o privilégio de receber, por mãos dos embaixadores da marca, um prémio representado pelo símbolo: o célebre veado Glenfiddich.

A distinção enquanto maior coleção de garrafas de whisky do mundo, pelo Guinness World Records em 2005, veio apenas dar o devido reconhecimento ao percurso de Alfredo Gonçalves enquanto embaixador desta bebida. Mais recentemente, em 2019, a Whisky&Co teve o privilégio de receber a visita de Jim Murray, o mais prestigiado conhecedor desta bebida e autor do livro The Whisky Bible. Num ambiente familiar, Jim Murray conheceu a coleção, provou novos whiskies, partilhou histórias e experiências com Alfredo e, numa breve nota no livro da Whisky&Co, Jim deixa o repto para qualquer interessado que esteja disposto a desvendar esta coleção única no Mundo: “Já estive em muitos locais de whisky especiais. Mas poucos tão mágicos como aqui. Obrigado por me terem deixado entrar no vosso mundo especial do whisky”.